Fluxo de Cadência

Como reiniciar o contato no fluxo Como reiniciar o contato no fluxo

Como reiniciar o contato no fluxo

Quando um contato é inserido em um fluxo de cadência no Reev, existem situações em que você precisa reiniciar aquele contato no fluxo após o primeiro email ter sido enviado, de maneira que ele comece do zero e receba novamente o primeiro email da cadência.

Algumas situações em que isso pode ocorrer são as seguintes:

  • O email deu bounce e você fez a alteração para o email correto;
  • Foram enviados vários emails do fluxo de cadência, porém você descobriu que aquele não era o email correto do contato;
  • O contato foi perdido sem ter lido nenhum email do fluxo de cadência e você quer fazer uma segunda tentativa com o mesmo fluxo;
  • Entre outros.

Para poder te ajudar a fazer esse “reset” da maneira mais simples possível, nós aqui do Reev criamos uma forma super fácil de fazer esses contatos serem reiniciados 🙂

Quer saber como? Continue lendo este post. 😉

Como fazer o reset no contato


Na área de fluxos do Reev, acesse o fluxo no qual o contato se encontra:

Acesse a área de contatos dentro do fluxo e posicione o mouse no contato desejado:

Clique na seta lateral e em seguida em Resetar:

Será exibido um modal de confirmação:

Ao confirmar, o contato terá sua qualificação alterada para Lead Ativo:

Pronto! O contato foi reiniciado e passará a receber o primeiro email do fluxo.

Conclusão

Com essa nova opção de reset do contato, você conseguirá reiniciar os seus contatos rapidamente nos fluxos de cadência e com apenas alguns cliques 🙂

Gostou dessa novidade? Conta para nós no email rodrigo@reev.co.

Envio de email com cópia Envio de email com copia

Envio de email com cópia

Cada vez mais procuramos dar possibilidades para que nossos usuários trabalhem com diversos recursos de seus emails dentro do reev.

Por isso estamos de olho nos recursos de emails mais utilizados e necessários para o processo de vendas.

Um recurso muito importante é o de enviar emails com cópia para outros destinatários. São várias as situações nas quais essa funcionalidade é importante:

  • Na passagem de bastão do hunter para o closer;
  • No momento de enviar emails para vários decisores;
  • Em alguns casos quando o lead apresenta outra pessoa como decisora;
  • Entre outros.

Então a novidade da vez é a possibilidade de mandar emails com cópia no Reev!

Como enviar email com cópia

Para fazer o envio do email com cópia é preciso acessar o Compose do Reev, seja através do botão Novo Email ou por uma tarefa de email. Repare que no canto direito do destinatário existe um link Cc:

Clique neste link para que seja aberto um campo para inserir email em cópia:

Preencha esse campo, digite a sua mensagem e clique em Enviar:

Pronto! Você acaba de enviar um email com cópia no Reev.

É importante falar que pode ser inseridos no máximo 10 destinatários por email, ok?

Conclusão

Com essa opção de inserir um email em cópia, o Reev aumenta as possibilidades do uso de email dentro da ferramenta e facilita os momentos em que é preciso enviar um mesmo email para vários leads envolvidos na venda.

Esse é mais um recurso de email que veio para facilitar o dia a dia daqueles que lidam todos os dias com vários emails ao mesmo tempo 🙂

O que você achou desta funcionalidade? Me conta no patricia@reev.co

Sinalização dos fluxos automatizados e semi-automatizados sinalizacao dos fluxos automatizados e semi automatizados

Sinalização dos fluxos automatizados e semi-automatizados

Na página de fluxo de cadência do Reev, é possível visualizar os fluxos que foram criados na plataforma. Alguns fluxos desta listagem são automatizados – nos quais são enviados e-mails automáticos para o lead de acordo com os templates escolhidos na criação do fluxo – outros fluxos são semi-automatizados – nos quais é preciso que o vendedor dispare o e-mail manualmente, possibilitando assim maior personalização no e-mail a ser enviado.

É importante que os membros da equipe de vendas consigam visualizar rapidamente na listagem dos fluxos, qual fluxo é de qual tipo, o que evita que tenham que entrar na página de cada fluxo para poder visualizar essa informação.

Por isso, criamos um indicador circular ao lado de cada fluxo, conforme imagem:

Tela para visualização de todos os fluxos.

Mas o que significa cada uma dessas cores?

Vamos lá:

  • Verde: fluxo automatizado ativo;
  • Amarelo: fluxo automatizado inativo/pausado;
  • Cinza: fluxo automatizado sendo criado;
  • Vermelho: erro na criação do fluxo automatizado;
  • Azul: fluxo semi-automatizado ativo;
  • Azul e vermelha: erro na criação do fluxo semi-automatizado;
  • Azul e cinza: fluxo semi-automatizado sendo criado;
  • Azul e amarelo: fluxo semi-automatizado inativo/pausado;

Com essa bolinha de indicação do tipo de fluxo, fica simples saber o seu tipo e, ao mesmo tempo, a tela permanece com uma visão limpa, mesmo com boa quantidade de informações.

Conclusão

Com essa sinalização, fica mais fácil para o vendedor identificar quais os tipos de fluxo ele possui em sua base sem que ele tenha que acessar fluxo por fluxo para verificar essa informação.

Bem legal não é?

Envie sua opinião para o e-mail: patricia@reev.co.

Até logo!

Fluxos Semi-Automatizados FLUXOS SEMI AUTOMATIZADOS

Fluxos Semi-Automatizados

Existem leads que precisam de emails feitos especialmente para eles.
O fluxo semi-automatizado trás para você o poder de disparar emails ainda mais personalizados para seus leads!
Quando você cria um fluxo semi-automatizado, você escolhe quando e de que modo abordar o seu lead.
Com ele, o Reev permite personalização máxima e em real-time para seus fluxos, além de garantir uma diminuição relevante no volume de cliques para enviar um email.
Mas com grandes poderes vem grandes responsabilidades. Fica no seu poder avançar aquele lead para a próxima etapa do seu fluxo.

COMO FUNCIONA O FLUXO SEMI-AUTOMATIZADO

Você consegue criar um fluxo semi-automatizado na janela de criação de fluxos
Fluxos Semi-Automatizados fluxo semi automatizado
Ao clicar no campo e selecionar a opção do fluxo semi-automatizado, algumas mudanças ficam mais perceptíveis
Fluxos Semi-Automatizados fluxo semi automatizado1
A primeira mudança percebida é no modo de disparo do email.
O tipo de email disparado é manual.
Isso se traduz em “você irá disparar o email manualmente”. Além disso, no fluxo semi-automatizado, existe a opção de criar o fluxo com o “template em branco” para que ele seja escrito apenas no momento de envio do email.
Ou seja, se você quiser utilizar um template e terminar de customizá-lo na hora do envio, é possível. Agora, se precisa criar o fluxo rapidamente e não quer escrever todos os templates, pode começar com eles “em branco” e escreve-los no momento do envio. 🙂
A criação do fluxo se mantém a mesma, sem maiores alterações.
A área de tarefas se torna ainda mais relevante ao se utilizar o fluxo semi-automatizado.
É por lá que você vai disparar os emails, marcar as ações como realizadas. A área de tarefas será seu centro de ações.
As tarefas de envio de email aparecerão juntamente com as tarefas de ligação.
Fluxos Semi-Automatizados fluxo semi automatizado2
Nesse quadro de tarefas conseguimos:
1) Disparar o email: Basta clicar sobre o ícone de email abre uma janela de disparo rápido de emails. Nele, o template que condiz com a etapa que o lead se encontra será mostrado. Nessa janela, você consegue modificar o template, adicionando ou retirando as informações que você achar pertinente.
Fluxos Semi-Automatizados fluxo semi automatizado 3
Os botões abaixo da caixa do conteúdo do email te dão as opções de salvar o email para ser disparado em outro momento e a opção de disparar o email naquele instante.
Fluxos Semi-Automatizados fluxo semi automatizado 4
2) Ver comentários adicionados: Clicando sobre o ícone de nota, você consegue ver os comentários adicionados na tarefa
Fluxos Semi-Automatizados fluxo semi automatizado 5
3) Marcar a tarefa como realizada: Após editar o seu template e clicar em Enviar, a tarefa já será automaticamente marcada como realizada. Caso você queira pular essa ação no seu fluxo, você também consegue marcá-la como feita, mesmo sem ter realizado o envio do email. Para isso, basta clicar na bolinha branca a esquerda, e está será marcada como tarefa realizada, assim como é realizado com as demais tarefas.
Fluxos Semi-Automatizados fluxo semi automatizado 6

CONCLUSÃO

Como você viu ao longo deste texto, ao optar pelo uso do fluxo semi-automatizando, o vendedor consegue uma maior personalização no seu fluxo de cadência, já que é possível adicionar pontos relevantes do contexto no qual o contato está inserido, tornando o contato mais próximo, pessoal e relevante. Além disso, o vendedor também consegue manipular algumas etapas do seu fluxo, pulando algum envio de email conforme ele julgar que seja necessário.
É claro que o Reev possui além dessa grande funcionalidade, outras maneiras de deixar o seu contato muito mais próximo e personalizado!
E se você ainda não usa o Reev e quer conhecer mais, entre em contato com a gente no contato@reev.co!

Definição de tempo para finalizar contatos após última ação do fluxo definicao de tempo para finalizar contatos

Definição de tempo para finalizar contatos após última ação do fluxo

Imagine o seguinte: você criou um fluxo de cadência no Reev e, depois do último e-mail, alguns contatos ainda não te responderam.
Pode ser que esses contatos realmente não se interessaram pelo conteúdo dos e-mails 🙁
Mas não fique triste, porque é igualmente possível que eles ainda nem conseguiram ver o seu último e-mail, né? E às vezes pode ser interessante dar um “tempinho” para que o seu lead possa te responder antes de você qualificá-lo como perdido.
Agora é possível definir esse tempo no Reev, e é sobre isso que vou falar nesse texto! Se você quer saber mais sobre essa funcionalidade, não pare de ler 😉

DEFINIÇÃO DO TEMPO PARA FINALIZAR OS CONTATOS

Quando você estiver criando seu fluxo de cadência, você encontrará o seguinte campo a ser preenchido:
Definição de tempo para finalizar contatos após última ação do fluxo Reev
Aqui você deve definir o tempo no qual os contatos serão finalizados/perdidos após a última ação do fluxo.
Por exemplo, na imagem acima, o tempo programado é de 2 dias. Isso significa que, 2 dias depois que os seus leads receberem o último e-mail do fluxo, eles serão qualificados como perdidos (se não tiverem respondido nenhum e-mail nesse período de tempo).
Já caso seus leads respondam aos e-mails do fluxo, essa configuração não afetará esses contatos. Ou seja, ao responder um e-mail o lead será pausado automaticamente pelo Reev.

CONCLUSÃO

Como você viu, com essa funcionalidade é possível gerenciar seus contatos de maneira mais simples, garantindo que os leads que não te responderam serão qualificados como perdidos de acordo com a programação definida por você 🙂
Depois me conte o que achou, combinado?
E se você ainda não conhece o Reev e quer vender (muito) mais, entre em contato com a gente no contato@reev.co!
 

Edição de templates para contatos específicos edicao de templates para contatos

Edição de templates para contatos específicos

Quando você cria um fluxo de cadência, é possível que você queira mandar templates diferentes apenas para alguns contatos não é?
Por exemplo, imagine que você criou um fluxo com 30 contatos que conheceu em um evento. Desses 30 contatos, você se lembra de 5 conversas que foram muito boas, e não quer deixar essas oportunidades passarem. Sendo assim, os e-mails para esses contatos podem ser um pouco diferentes e ainda mais personalizados do que os demais, mencionando pontos específicos de cada conversa, certo?
Pois agora você consegue editar templates para contatos específicos no Reev! Então se você quer saber mais sobre essa funcionalidade, é só continuar lendo esse texto 🙂

Edição dos templates para contatos específicos dentro de um fluxo

Ao criar um fluxo de cadência, você precisa definir várias configurações relacionadas aos dias em que os e-mails serão enviados, aos templates que vai utilizar e aos contatos que vão fazer parte do fluxo.
PS: Se você quer saber mais sobre a criação de um fluxo de cadência, temos um texto aqui no blog explicando tudinho 😉
Para editar templates apenas para alguns contatos, basta você criar o seu fluxo normalmente, preenchendo todas configurações. Depois que você selecionar todos os contatos que deseja inserir no fluxo, da base de contatos ou manualmente, você verá algo parecido com isso:
Edição de templates para contatos específicos Captura de Tela 2017 06 20 às 15.11.59
Como você pode ver na imagem acima, ao final da tela de criação do fluxo você consegue ver todos os contatos que selecionou para o fluxo de cadência. Na primeira coluna você pode ver o nome do contato, na segunda o nome da empresa e na terceira o grupo em que o contato está inserido (se você quer saber mais sobre grupos, é só dar uma olhada nesse texto aqui).
Logo ao lado dessas informações, você pode ver os ícones abaixo:
Edição de templates para contatos específicos Reev 26
Você deve selecionar a lixeira caso deseje remover aquele contato da seleção. Caso você remova um contato por engano, você pode adicioná-lo novamente – basta repetir o processo de adição de contatos que você fez anteriormente.
Caso você deseje alterar algum (ou alguns) templates para um contato específico, basta clicar no ícone do lápis, ao lado da lixeira. Ao fazer isso, você verá algo parecido com isso:
Edição de templates para contatos específicos Captura de Tela 2017 06 20 às 15.15.11
Nesse modal você verá todos templates do fluxo, e pode editá-los para aquele contato específico. Por exemplo, considere o exemplo que dei no início do texto sobre sua participação em um evento.
Nesse evento você levantou 30 contatos, sendo que você teve conversas muito produtivas com 5 deles. Sendo assim, você pode (e deve!) criar um fluxo de cadência para todos esses 30 leads, mencionando o evento e o fato de que se conheceram lá.
No entanto, como 5 dessas conversas foram mais especiais, vale a pena tornar os e-mails para esses contatos ainda mais personalizados, mencionando pontos específicos da conversa. Sendo assim, você pode editar alguns templates apenas para esses contatos, inserindo essas informações.
Para isso, basta clicar no ícone do lápis ao lado do nome do template, como sinalizado na imagem abaixo:
Edição de templates para contatos específicos Reev 27
Ao fazer isso, o template original abrirá, como na imagem abaixo, e você poderá editá-lo conforme deseja:
Edição de templates para contatos específicos Reev 28
Ao finalizar, basta clicar em “salvar template” e pronto! O contato receberá o template alterado conforme você deseja, e isso não afetará os demais contatos do fluxo.

Conclusão

Como você pode ver, agora é muito simples personalizar e-mails para contatos específicos dentro de um fluxo de cadência. Se você tem qualquer dúvida ou sugestão sobre essa funcionalidade, é só me mandar um e-mail no larissa@reev.co 🙂
E se você ainda não conhece o Reev e quer aumentar suas vendas, entre em contato com a gente aqui no site!
 

O que é o Objetivo de Envio Diário o que sao as estastisticas do reev

O que é o Objetivo de Envio Diário

Ao criar um fluxo de cadência, existem vários campos que precisam ser preenchidos, como contei no texto sobre fluxos de cadência aqui no blog. No entanto, existe um campo específico que merece uma atenção especial: o objetivo de envio diário.O que é o Objetivo de Envio Diário Reev

O objetivo de envio diário corresponde ao número de leads, dentre todos os contatos do fluxo, que serão ativados diariamente. Ao inserir um número nesse campo, você cria uma fila de contatos, que serão ativados em sequência de acordo com o objetivo diário inserido.

Ainda está confuso? Então continue lendo que vou explicar melhor!

POR QUE USAR O OBJETIVO DE ENVIO DIÁRIO

Quando você cria um fluxo de cadência, você pode colocar quantos contatos você quiser – 5, 10, 100, 1000 contatos! Mas imagine só se você mandasse emails para 1000 novos contatos todos os dias. Você daria conta de lidar com todas as respostas que chegariam diariamente?
Por exemplo, suponha que você crie um fluxo com 1000 contatos na segunda-feira, com as seguintes configurações:
 
O que é o Objetivo de Envio Diário cópia de tabela lari final
Como você pode ver na imagem acima, o seu fluxo terá 4 emails, sendo um email enviado na segunda, outro na terça, outro na quarta e outro na quinta-feira.
Como você não possui um objetivo de envio diário, na segunda-feira todos os 1000 leads serão contactados, de uma só vez. E assim será na terça, na quarta e na quinta-feira, até que todos respondam seus emails ou até que o fluxo de cadência acabe.
Suponha que esse fluxo tenha uma taxa de resposta de 5% por ação. Isso significa que, desses 1000 contatos, 50 irão te responder em cada etapa do fluxo, como é possível ver na imagem.
Ou seja, dos 1000 emails enviados na segunda-feira, você receberá 50 respostas (e, como você sabe, esses contatos serão automaticamente pausados). E o mesmo acontecerá nos outros dias da semana, até que todos os contatos respondam ou sejam finalizados com o fim do fluxo.
E agora, imagine só responder esses 50 e-mails por dia, marcar diferentes reuniões para cada contato, além de conduzir todas as reuniões? Não é fácil para um vendedor gerenciar tudo isso sozinho né?
Foi pensando nisso que nós criamos o Objetivo de Envio Diário no Reev. Com ele, você pode definir o número de leads que você quer contactar todos os dias (e quem você quer contactar também), sem precisar de criar vários fluxos diferentes para isso.

QUANDO ATIVAR O OBJETIVO DE ENVIO DIÁRIO

Por exemplo, imagine novamente aquele fluxo com 1000 contatos. Você já percebeu que não dá para mandar emails para todos leads de uma vez né? Então, para facilitar, você pode definir um número de leads que você deseja ativar diariamente.
NÃO SE ESQUEÇA:

  • Um lead ativo é aquele que faz parte de um fluxo e recebe todos os emails.
  • Os leads são adicionados em um fluxo com o status “Não iniciado” e qualificação “lead ativo”. O status permanece assim até que o lead seja ativado no fluxo. Com isso, seu status muda para “ativo”.
  • Você pode ler mais sobre isso no nosso texto sobre base de contatos aqui no blog!

Imagine a seguinte situação, representada na imagem abaixo. Basicamente trata-se de um fluxo com as mesmas configurações do exemplo anterior, mas com um objetivo de envio diário de 40 contatos.
O que é o Objetivo de Envio Diário cópia de tabela lari final 2
Isso significa que, todos os dias, o Reev vai mandar o primeiro email do fluxo para 40 novos contatos, ou seja, 40 novos leads serão ativados no fluxo por dia.
Sendo assim, no primeiro dia do fluxo terei 960 contatos com o status “não iniciado” e 40 contatos com o status “ativo”. No segundo dia, terei 80 contatos com o status “ativo” e 920 contatos com o status “não iniciado”. E por aí vai!
Com isso, os contatos serão ativados de 40 em 40, até que todos os 1000 recebam o primeiro email do fluxo. Na imagem acima, é possível ver a evolução dos grupos de 40 contatos no fluxo, representados por uma mesma cor.
Como você pode ver, os primeiros 40 contatos (representados pela cor laranja), que serão ativados na segunda-feira, passarão por todas etapas do fluxo até quinta-feira da mesma semana, conforme as configurações do fluxo.
O que é o Objetivo de Envio Diário cópia de tabela lari finalNo entanto, outros contatos do mesmo fluxo serão ativados apenas nas semanas seguintes, devido ao objetivo diário. Com isso, o fluxo terá contatos finalizados e não iniciados ao mesmo tempo. Por exemplo, os 40 contatos do “grupo laranja” já terão passado por todo o fluxo até quinta feira da semana 1, enquanto os contatos do “grupo amarelo” permanecerão inativos até terça-feira da semana 2, quando serão ativados:
O que é o Objetivo de Envio Diário cópia de tabela lari final 1
Supondo a mesma taxa de resposta de 5% do caso tratado no início desse texto, ao final de 100 dias você terá recebido a mesma quantidade de respostas que receberia em 4 dias se não usasse o objetivo de envio diário.
Como você pode ver na imagem abaixo, as respostas recebidas diariamente estão representadas pela setinha cinza abaixo de cada dia. Ou seja, você receberia uma média de 8 respostas por dia considerando-se a taxa de 5%.
O que é o Objetivo de Envio Diário cópia de tabela lari final 2
Fica muito mais fácil gerenciar 8 do que 50 respostas diariamente né? 🙂
Só um PS: Esses casos descritos acima são hipotéticos, apenas para representação. Como você sabe, os contatos que respondem um e-mail de um fluxo são pausados automaticamente, e param de receber e-mails daquele fluxo. Isso afeta o número de e-mails enviados no dia seguinte e, consequentemente, a taxa de resposta. Você pode ler mais sobre isso aqui 😉

ORDEM DE ATIVAÇÃO DOS CONTATOS

Ao definir um objetivo de envio diário, é possível que você queira definir quais contatos devem receber o e-mail primeiro, e a ordem de ativação dos mesmos. Por exemplo, suponha que você vai enviar um fluxo de cadência para 50 contatos, com objetivo de envio diário de 10 contatos.
É possível que alguns desses leads sejam mais estratégicos, e você queira garantir que eles serão os primeiros ativados no fluxo. Também é possível que você esteja prospectando diferentes pessoas de uma mesma empresa, e queira garantir que elas farão parte de diferentes “grupos” de 10 contatos.
Sendo assim, no momento de criação do fluxo, você pode definir a ordem em que os contatos serão ativados. Para isso, basta configurar o fluxo, selecionar os contatos da base ou inseri-los manualmente e, logo após finalizar esse passo, você verá algo parecido com isso no final da tela:
O que é o Objetivo de Envio Diário Reev 1
Para alterar a ordem de envio, basta clicar sobre o contato e “arrastá-lo”, organizando a lista conforme você deseja. No exemplo acima, supondo que o objetivo diário é de 1 contato, o Felipe será o primeiro a receber o e-mail após a ativação do fluxo.

CONCLUSÃO

Como você viu ao longo desse texto, o objetivo de envio diário é muito importante para que o vendedor possa gerenciar bem os seus leads e o seu disparo de emails, especialmente quando se tem fácil acesso a grandes listas de leads ou se costuma prospectar nesses casos.
Não se esqueça que o Reev possui várias outras funcionalidades importantes no momento de criação do fluxo.
Se você quer saber mais sobre como criar fluxos de cadência, é só me mandar uma mensagem no larissa@reev.co. E se você ainda não usa o Reev, não perca tempo e comece a aumentar suas vendas!!
 

Como criar e gerenciar fluxos de cadência no Reev COMO CRIAR E GERENCIAR FLUXOS DE CADÊNCIA NO REEV

Como criar e gerenciar fluxos de cadência no Reev

Como você já deve ter percebido, o Reev foi feito exatamente para facilitar a criação e gestão dos seus fluxos de cadência. A nossa ideia é tornar o processo mais simples e automático, para que você perca menos tempo elaborando e enviando e-mails.
Nesse texto vou te contar como funciona a área de fluxos de cadência no Reev, e te explicar em detalhes como você pode criá-los e gerenciá-los. E se você não se lembra bem o que são fluxos de cadência, temos um ótimo texto sobre isso no blog da Outbound Marketing.
Se você quer conhecer melhor essa área do Reev e aprender a usá-la, não pare de ler!

SEU PRIMEIRO FLUXO DE CADÊNCIA

Se você é a primeira pessoa a usar o Reev na sua empresa, ele ainda não terá nenhum fluxo de cadência salvo no sistema. Sendo assim, você precisará criar o primeiro, e é muito simples.
Tudo o que você tem que fazer é entrar na área Fluxos de Cadência, no canto superior direito, e então clicar em “Novo Fluxo de Cadência”, como na imagem abaixo. Em seguida, você deve seguir os passos que explico no item “criando um fluxo do zero” desse texto.
img1
Lembre-se que, caso seja sua primeira vez usando o Reev, você precisa primeiro criar templates, para que possa adicioná-los no fluxo de cadência. Temos um texto só sobre isso aqui.

CRIANDO UM FLUXO DE CADÊNCIA

Se você já usou o Reev outras vezes, ao abrir a área de fluxos de cadência você verá uma tela parecida com essa: img3
Para criar um novo fluxo, basta clicar no local sinalizado pela seta vermelha na imagem acima. Ao clicar na seta, aparecerão as seguintes opções:
Captura de tela 2017-01-31 às 16.23.14

  •  Em branco: ao clicar nessa opção, você criará um fluxo do zero.
  •  Biblioteca: ao clicar nessa opção, você pode selecionar um dos fluxos já criados por você ou por seus colegas, usando-o como modelo para o seu fluxo.

CRIANDO UM FLUXO DO ZERO

Ao decidir criar um fluxo do zero, ou seja, um fluxo em branco, uma página com o título “Novo Fluxo de Cadência” surgirá, com as seguintes opções a serem preenchidas:
img4
1. Nome do fluxo: nesse item você deve inserir um nome para identificar o Fluxo de Cadência que criou. Para isso, basta clicar na caixa de texto e digitar o que deseja. O cliente não tem acesso à essa informação, ou seja, o nome do fluxo só pode ser visualizado no Reev.
2. Objetivo de envio diário: um objetivo de envio diário é o número de leads, dentre todos os contatos do fluxo, que serão ativados diariamente. Ao selecionar esse campo, você cria uma fila de contatos, que serão ativados em sequência de acordo com o objetivo diário inserido.
3. Enviar e-mails: aqui você deve selecionar em quais dias da semana você deseja que aquele fluxo envie e-mails para os leads. Por exemplo, caso você deseje que os leads do fluxo recebam e-mails apenas segunda, quarta e sexta, você deve dar um “check” apenas nesses dias. É importante ressaltar que os e-mails não serão necessariamente enviados toda segunda, quarta e sexta, mas sim de acordo com a frequência que será definida em “Ações”, conforme explicado no item “4” abaixo.
4. Ativar fluxo após a criação: você deve dar um “check” nessa opção caso deseje que o seu fluxo de cadência seja ativado logo após você clicar em “criar fluxo” no final da página. Caso você deseje apenas armazenar o fluxo para ativá-lo em outro momento, você não deve dar um “check” nessa opção.
5. Ações: aqui você deve definir a sequência de e-mails que deseja enviar e a frequência de envio. É importante ressaltar que você pode usar um mesmo template em mais de um fluxo de cadência, basta selecioná-lo quando for criar o fluxo, conforme descrito nos itens abaixo.
img

  •  Você deve organizar os e-mails de acordo com a ordem em que deseja enviá-los. Ou seja, na primeira linha você deve colocar o primeiro e-mail que os leads irão receber, na segunda linha o segundo, e por aí vai.

img6

  •  No primeiro dropdown, selecione o template que deseja enviar aos leads. O template precisa ser criado separadamente e já estar no Reev para ser selecionado. Vou contar um pouco melhor sobre a criação de templates em outro post do blog.
  •  No segundo dropdown, você deve definir a frequência de envio do template, com base no template anterior.
    •  Imediatamente: Se você selecionar “Imediatamente”, esse e-mail será enviado imediatamente após o e-mail anterior e, caso não tenha um e-mail anterior, será enviado imediatamente após a criação do fluxo.
    •  Após x dias/semanas às y: Você deve definir após quantos dias desde o último e-mail enviado você deseja que o e-mail em questão chegue na caixa de entrada do lead, e em qual horário. Por exemplo, se você marcar “após 2 dias às 10h:00”, esse e-mail será enviado 2 dias após o último e-mail, às 10 da manhã.

img7

  •  Para apagar um e-mail da sequência, basta clicar na lixeira no canto direito da linha onde se encontra o e-mail.

img8

  •  Para adicionar mais e-mails, clique em “Adicionar ação”.

img9
6. Contatos: aqui você deve definir quais contatos você gostaria que entrassem no seu fluxo de cadência.
img10i. Clique em “Inserir contatos”:
img11
ii. Caso deseje inserir pessoas da base de contatos já existente no Reev, vá para o item iii. Caso deseje inserir contatos não existentes no Reev, vá para o item v.
iii. Clique em “Base de contatos”:
img12
iv. Selecione os contatos que deseja e clique em “Concluir”. É possível tornar a busca mais fácil, usando os filtros presentes na parte superior da caixa de diálogo:
img13

  •  Todos os fluxos: nesse filtro, você pode selecionar o fluxo no qual o(s) contato(s) que você está procurando se encontra(m).
  •  Todos os status: nesse filtro, você pode filtrar os seus contatos de forma a mostrar apenas aqueles que se encaixam no status desejado. Por exemplo, se você selecionar “ativos”, apenas os contatos ativos serão apresentados.
  •  Buscar contato: aqui você pode digitar o nome do contato que você está procurando.

v. Para adicionar contatos manualmente, clique em “Manualmente”:
img15

  •  Clique na caixa de diálogo e insira as informações dos contatos separadas por vírgula da seguinte forma: Nome, E-mail, Empresa, Cargo. Quando finalizar, clique em “Concluir”
  •  Por fim, clique em “Criar fluxo”.

img16
Ao final desse processo, você terá criado um fluxo de cadência, que pode ser editado quando você quiser, mesmo depois de ativado (vou te contar como fazer isso ao longo desse texto!).

UTILIZANDO UM FLUXO JÁ EXISTENTE

Ao selecionar a opção Biblioteca, você pode utilizar fluxos já existentes no Reev como modelo.
IMG18
Ao clicar nessa opção, você verá uma tela parecida com essa:
IMG17
Aqui você tem acesso a todos os fluxos já criados por você e por seus colegas de trabalho, além das estatísticas referentes a cada um deles. Isso permite que você utilize fluxos com bons resultados de qualquer pessoa, além de facilitar a gestão do conhecimento.
Ao clicar em um dos fluxos da biblioteca, a tela de criação do fluxo de cadência é aberta, mas desta vez com as informações já preenchidas. Caso você deseje mandar exatamente o mesmo fluxo, basta selecionar “Criar fluxo”. Caso você deseje editar o fluxo escolhido, basta modificar as variáveis conforme descrito no item “Criando um fluxo do zero”.

EDITANDO UM FLUXO

Mesmo após a ativação de um fluxo, é possível editá-lo. Suponha que você criou um fluxo de cadência e, após o envio do primeiro e-mail, você percebe que cometeu um erro nos demais emails programados.
Nesse caso, basta você selecionar a opção “Editar” do fluxo, na área de Fluxos de Cadência.
IMG19
Ao clicar nessa opção, abrirá uma tela similar à de criação do fluxo de cadência, e tudo o que você tem que fazer é editar os pontos que deseja, conforme descrito no item “Criando um fluxo do zero”.
Caso você deseje editar um e-mail dentro do fluxo, basta clicar em “pré-visualizar”, e então em “editar”. Isso editará apenas aquele e-mail no fluxo em que ele se encontra, não afetando o template nem os outros fluxos que utilizam o mesmo template.
img20
Após finalizar as edições no fluxo, basta clicar em “Salvar”.
Já caso você deseje deletar um fluxo de cadência, basta clicar na seta ao lado direito do fluxo, e então selecionar a opção “excluir”. Também é possível fazer isso clicando em um fluxo, e depois no botão “opções”, no canto superior direito.
img21

GERENCIAMENTO E ANÁLISE DOS FLUXOS

Na área de fluxos de cadência é possível ter acesso a várias informações a respeito do desempenho de cada fluxo.
IMG22
Como você pode ver na imagem acima, ao lado do nome de cada Fluxo de Cadência, é possível analisar:

  • Contatos: número total de contatos no fluxo de cadência.
  • Resposta: taxa de resposta do fluxo de cadência, ou seja, dentre todos os e-mails enviados no fluxo, qual a porcentagem desses e-mails que foram respondidos, positiva ou negativamente.
  • Conversão: taxa de conversão do fluxo de cadência, ou seja, dentre todos os e-mails enviados no fluxo, qual a porcentagem desses e-mails que resultou na conversão de leads. A conversão de um lead significa que determinado contato, que antes estava ativo no fluxo de cadência, foi marcado como “oportunidade”. Explico em mais detalhes o que significa cada informação de um contato nos itens abaixo.

Essas informações podem ser muito úteis para avaliar a qualidade e o desempenho dos seus fluxos de cadência, e para que você possa compará-los entre si e testar diferentes estratégias.
Caso você deseje uma análise mais específica do desempenho individual de cada e-mail do fluxo de cadência, basta clicar no fluxo que você deseja, e você verá uma tela parecida com essa:
IMG23
 
Na parte superior do fluxo, é possível ativá-lo ou desativá-lo, basta clicar em “Fluxo ativo”.
IMG24
Logo abaixo do nome do fluxo estão dispostas informações específicas a respeito do fluxo:
IMG25
A. Número de e-mails programados dentro do fluxo
B. Duração total do fluxo, conforme programado durante sua criação
C. Dias em que os leads podem ser contactados pelos e-mails do fluxo
D. Objetivo diário de leads para entrar em contato
Na caixa cinza, estão dispostas informações específicas a respeito do desempenho do fluxo:
IMG26
A. Contatos: número total de contatos dentro do fluxo. Ao clicar no ícone “?”, você pode visualizar quantos desses contatos estão ativos, pausados, não iniciados e finalizados.
B. Conversão: taxa de conversão do fluxo de cadência, ou seja, dentre todos os e-mails enviados no fluxo, qual a porcentagem desses e-mails que resultou na conversão de leads. A conversão de um lead significa que determinado contato, que antes estava ativo no fluxo de cadência, foi marcado como “sucesso”. Ao clicar no ícone “?”, é possível verificar, dentre todos os leads do fluxo, quantos foram perdidos e quantos foram marcados como oportunidade.
C. Rejeição: trata-se da porcentagem de e-mails, dentre todos enviados, que foram rejeitados pelo servidor de e-mails dos leads. A rejeição dos e-mails pode acontecer por diferentes razões: quando o e-mail do lead está incorreto (não existe), quando a caixa de entrada do lead está cheia, quando o e-mail enviado era longo demais, dentre outros motivos.
Na aba “Fluxo”, é possível verificar todos os e-mails do fluxo de cadência e suas respectivas informações de abertura, resposta e conversão:

  1. Abertura: taxa de abertura do template, ou seja, dentre todos os e-mails enviados usando esse template, qual a porcentagem desses e-mails que foram abertos. Esse dado está diretamente relacionado à eficácia do assunto do template, o qual impacta diretamente no interesse do lead em abrir o seu e-mail.
  2. Resposta: taxa de resposta do template, ou seja, dentre todos os e-mails enviados usando esse templates, qual a porcentagem desses e-mails que foram respondidos, positiva ou negativamente.
  3. Conversão: taxa de conversão do template, ou seja, dentre todos os e-mails enviados usando esse template, qual a porcentagem desses e-mails que resultou na conversão de leads. A conversão de um lead significa que determinado contato, que antes estava ativo em um fluxo de cadência, foi marcado como “sucesso”. Este dado demonstra a eficácia do template como um todo, não apenas do assunto, mas especialmente do conteúdo do mesmo.

IMG27
Na aba “Contatos”, você tem acesso a todos os contatos que fazem parte do fluxo de cadência.
IMG28
É possível filtrar os contatos utilizando o filtro presente na parte superior da tabela com os contatos. Além disso, cada coluna possui um significado:

    • Contato: nome do lead
    • Empresa: empresa do lead
    • Etapa do fluxo: representa quantos e-mails o lead ja recebeu, dentre todos os e-mails planejados do fluxo de cadência. Por exemplo, 1/5 significa que o lead recebeu 1 e-mail de um fluxo com 5 e-mails programados. 
      • Um “check” verde: Significa que o lead recebeu o último e-mail do fluxo, mas ainda não leu.
      • Dois “checks” verdes: Significa que o lead recebeu e leu o último e-mail do fluxo.
      • “X” vermelho : Significa que o e-mail foi rejeitado
      • Seta: Significa que o lead recebeu, leu e respondeu o último e-mail do fluxo.
    • Status:
      • Ativo: esse lead recebe todos os e-mails do fluxo de cadência no qual ele se encontra.
      • Finalizado: esse lead não receberá mais e-mails do fluxo no qual ele se encontra. Você marcará um lead como finalizado quando não planeja mais interagir com ele naquele fluxo. O lead também pode ser finalizado automaticamente, quando sua qualificação é mudada para “Perdido” ou para “Oportunidade”.
      • Pausado: esse lead não receberá e-mails até que você mude seu status para ativo novamente. Você marcará um lead como pausado quando deseja que ele pare de receber os e-mails apenas por um período de tempo, ou seja, ainda deseja interagir com ele naquele fluxo. Ele também pode ser pausado automaticamente, quando o lead responde a algum email do fluxo.
    • Qualificação:
      • Lead ativo: Corresponde aos leads ativos em um fluxo de cadência, que ainda não corresponderam positiva ou negativamente aos e-mails. Um lead é ativado automaticamente quando o fluxo de cadência no qual ele se encontra é ativado.
      • Lead inativo: Corresponde aos leads inativos (ou seja, que não estão em nenhum fluxo de cadência) ou finalizados. Um lead pode ser automaticamente definido como inativo, quando ele sai de um fluxo ou quando foi marcado como “Finalizado”. Também é possível alterar o status de um lead para inativo manualmente.
      • Oportunidade: Corresponde aos leads ativos em um fluxo que responderam positivamente a um e-mail de um fluxo de cadência. Um lead só pode ser definido como Oportunidade manualmente.
      • Perdido: Corresponde aos leads que deram uma resposta negativa a um e-mail de um fluxo de cadência. Um lead só pode ser definido como Perdido manualmente.
    • Para alterar o status ou qualificação do lead individualmente, basta clicar no item e fazer a mudança desejada. Por exemplo, caso deseje pausar um lead específico, basta clicar em cima do status “Ativo” e selecionar “Pausado”.
    • É possível alterar o status e a qualificação de vários leads ao mesmo tempo:
      • Selecione os contatos desejados dando um “check” no lado esquerdo da tabela. Para selecionar os contatos, você pode usar ou não os filtros disponíveis.
      • Clique em Ações.
      • Selecione Status ou Qualificação, caso deseje mudar o status ou a qualificação de todos esses leads ao mesmo tempo.
      • Escolha a ação que deseja executar e todos os contatos selecionados serão modificados.

CONCLUSÃO

Quer saber mais sobre como criar fluxos de cadência no Reev? Entre em contato com a nossa equipe no e-mail contato@reev.co!
E se você ainda não usa o Reev e quer saber mais como os fluxos de cadência do Reev podem ajudar você e sua empresa? Marque uma conversa com a gente, sem compromisso 😉